terça-feira, 27 de novembro de 2007

Laços


  • Fotografia: Andréa, Cacau e Lu

Laços
Andréa Motta


Para Cláudia (Cacau) Gonçalves e Lu Oliveira

Chove em meus olhos
sempre que o gris da manhã
encobre a cidade

e os pássaros acanhados
se escondem
nos galhos do abacateiro

Chove em meus olhos
quando o azul matinal
floresce múltiplas canções

Insistente a chuva
rega minha face
sempre que a saudade

invade o universo
traz o frescor do alecrim
e muitos potinhos de sol


video

  • Para assistir ao video-poema não esqueça de desligar a música!!
  • Para desligar a música use o botão próprio na barra do seu navegador!!

4 comentários:

Benvinda Palma disse...

Amei este "Laços"...encantador! Tua poesia transpira amor! É doce e embriaga a alma!Parabéns!Poetabeijos/bemtevi

Leo Lobos disse...

saludos cara amiga y poeta andrea motta mis saludos afectuosos desde santiago de Chile he pasado por aqui a dar una mirada y leer también un poco en este tu espacio creativo

33 abrazos entonces y felicitaciones también

he publicado recientemente un articlo sobre el artista Matthew Barney en www.enlasciudadesquehabitamos.blogspot.com

te invito - les invito entonces a dar una lectura y divulgar con los amigos

saludos

33 abrazos

Leo Lobos

Tânia_Mara disse...

Comovente, lindo, doce e de uma imagem incrível, li o poema e as paisagens-poéticas foram construindo-se, ao ver as imagens, e foi uma nova leitura, parabéns!

O Micróbio II disse...

Olá Andrea... vejo que a qualidade se mantém!!
FELIZ NATAL!! :-)